Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Seja onde e quando for

Um blog pessoal de uma tetracampeã, mas que não é só sobre desporto. Convido-vos a ler.

Seja onde e quando for

Um blog pessoal de uma tetracampeã, mas que não é só sobre desporto. Convido-vos a ler.

Vocês não podem ser deste mundo

Gostava de saber porque é que eu não sou daquelas pessoas saudáveis que se levantam às 6h30 da manhã e vão correr? Como é que a minha cama é tão confortável que eu fico sem forças para a abandonar? Confesso que acredito que as pessoas que se levantam de madrugada para ir correr dormem em camas com pregos a bater-lhes nas costas, por isso é que se levantam muito cedo. Se tivessem uma cama como a minha era impossível levantarem-se de manhã, cheias de energia e fazer um batido com 40 peças de fruta diferentes.

Eu de manhã só acordo com bom humor se me levantar depois das 10h ou das 11h, às vezes depois do meio-dia, depende muito dos dias e da minha disposição. E também não consigo comer nada nutritivo antes das 10 da manhã, isso para mim também é uma coisa de aliens. Comerem às 7h30 quatro torradas, acompanhadas com leite e cereais, mais um sumo de laranja e uma melancia não cabe na cabeça de ninguém. Vocês não podem ser deste mundo. Primeiro de tudo, eu não confio em ninguém que tenha bom humor matinal. Segundo, ninguém acorda assim com tanta fome e energia capaz de preparar um pequeno almoço gigante, a menos que estejam num hotel (porque lá até levamos croissants no bolsos das calças, se for preciso) ou que tenham uma empregada que vos prepare uma grande mesa de pequeno-almoço com tudo incluído. Caso contrário, não vejo razões para vocês fazerem isso. 

E depois também existe aquele tipo de pessoa irritante que a função dele ao longo do dia é gabar-se. "Ai eu hoje corri durante duas horas, eu sou uma pessoa saudável e com energia para dar e vender, tu devias começar a correr também, um dia tens de vir comigo e mimimi". E vocês ficam com aquela cara de parvos porque pararam de ouvir no "duas horas" e perguntam-se como é que o gajo corre durante tanto tempo e vocês andam quinze minutos a pé e estão quase mortos. Eu não percebo estas pessoas. Se eu quero ser sedentária, deixem-me ser. Eu não preciso de vos ouvir durante meia hora a falar de como vocês vivem a vida ao limite. Eu também vivo a minha vida ao limite, eu fico até ao limite no meu sofá a ver aquela série que já queria ver há muito tempo e finalmente consegui assistir aos episódios todos - e não é Game of Thrones, esse assunto fica para outro dia.

Mas eu admiro-vos, juro. Acho que vou começar a correr esta semana. A ver se o meu humor muda, se a minha energia muda e se consigo ter uma empregada que me faça o pequeno-almoço a que eu tenho direito.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Chamo-me Daniela. Pertenço ao grupo das pessoas que não gostam do primeiro nome. Tenho 24 anos.

Ainda não sou casada e não tenho filhos. Gostava de dizer que tenho três ou quatro discos de platina, mas não gosto de mentir.

Esta sou eu e este é o meu blog.

A minha playlist

Blogs de Portugal

O que estou a ler

Recordações

Vê também

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D