Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Seja onde e quando for

Um blog pessoal de uma tetracampeã, mas que não é só sobre desporto. Convido-vos a ler.

Seja onde e quando for

Um blog pessoal de uma tetracampeã, mas que não é só sobre desporto. Convido-vos a ler.

Tag de primavera

Bom dia! Não acham que os sábados cheiram a primavera?

A nossa querida 3ªface primou-me (é uma palavra, certo???) com esta tag da primavera, à qual vou responder com todo o carinho e cuidado do mundo. Porque é a primavera, aquela estação do ano que tratamos como um bebé, parece tão frágil e com uma visão tão boa do mundo.

 

1. Qual a temperatura ideal para um dia de primavera perfeito?

15º a 20º, caso contrário uma pessoa começa a suar do bigode e pensa que já pode ir para a praia.

 

2. Se te pedisse uma sugestão de passeio para estes dias mais floridos, qual seria?

O bom da primavera é que podemos fazer passeios ao ar livre pelo nosso país, sem sentirmos que estamos no Rio de Janeiro com 45 graus à sombra. Por isso, as minhas sugestões:

 Um dia bem passado no Parque Nacional de Peneda Gerês

 Ria de Aveiro (e comer os ovos moles pelo caminho)

 Caminhar e conhecer os Passadiços do Paiva 

 

3. Se tivesses de escolher uma cor para esta primavera qual seria?

Amarelo. Acho que só tenho uma t-shirt desta cor, mas é uma cor que significa luz, descontração, otimismo, felicidade.

 

4. O que esta estação significa para ti?

A primavera, para mim, sempre me trouxe energias positivas. É como um começo de uma nova etapa, com novos desafios e novos objetivos a serem traçados. Normalmente, nem faço nada de especial, mas gosto de pensar que sim.

 

5. Qual será, do teu ponto de vista, o grande acontecimento desta primavera (seja pessoal ou público)?

BENFICA PENTACAMPEÃO 

E que chova menos também... vá.

 

Esta tag tem três regras muito simples, da autoria do blog a arte da simplicidade, sendo que são e passo a citar:

“Responde a estas 5 perguntas de forma rápida e publica as tuas respostas no teu blogue. 

Faz uma hiperligação para o blogue que te nomeou. (de certeza que o seu autor vai adorar conhecer-te melhor e ainda podes dar a conhecer o seu trabalho aos teus próprios leitores)

Nomeia 3 bloggers que gostavas de conhecer mais e desafia-os a completar a mesma tag."

 

Por isso, vou nomear estes três blogs que gosto muito e convido-os a partilharem as mais variadas opiniões sobre a nossa querida primavera.

 

De costas p'ró mar

Sweetener

Em busca de um sentido 

 

Espero pelas respostas coloridas e rejuvenescidas tal como esta estação.

Boas energias e que o sol não se vá embora. 

Daquelas coisas #6 | Os míopes e os seus problemas

Só quem é miope percebe que o facto de deixar os óculos em casa, durante um dia inteiro, é desesperante. Dá vontade de ir à Ponte 25 de Abril e atirarmo-nos, porque não ver um boi à frente não é nada bom. Por isso, há certos comportamentos que só uma pessoa com miopia percebe. Quer dizer, há comportamentos que toda a gente que usa óculos ou lentes percebe, tenha miopia ou astigmatismo ou o raio que o valha. 

 

1. Quando estamos a olhar fixamente para alguém para perceber se conhecemos ou não a pessoa, e essa pessoa pensa que temos alguma coisa contra ela ou que estamos a fazer olhinhos ou uma coisa parecida. Mas não...

28576355_10210883892150213_939941403612413952_n.jp

2. E quando uma pessoa conhecida está do outro lado da rua e nós não conseguimos perceber quem é? E ficamos "porque é que aquela pessoa me está a cumprimentar, quem és tu?". E muitas vezes acenamos de volta e nem sabemos quem é que estava lá. Outras vezes, não dizemos nada e passamos por antipáticos. Mas não é antipatia, é só miopia.

 

3. Quando estamos no cinema e só há o filme que queres ver em 3D, e não trouxeste as lentes de contacto e tens de fazer aquela figura ridícula de estares com os teus próprios óculos e com os óculos 3D. A parte boa é que está escuro no cinema e ninguém te conhece.

oculos 2.png

 

4. Quando queremos ver alguma letra ao longe e tanto pode ser um B, como um 8 ou um 3. Vai dar tudo ao mesmo.

 

5. Quando as pessoas metem os teus óculos e acham que te estão a dar uma novidade.

oculos.png

 

6. Quando és uma pessoa que se gosta de maquilhar e tiras os óculos para fazer a maquilhagem e não vês nada. Não percebes se meteste blush a mais no lado direito ou se a sombra do olho esquerdo ficou igual à do olho direito. E depois metes o espelho quase a tocar no teu nariz e percebes que estás linda (mas não estás).

 

7. Saudades dos tempos em que o oftalmologista me dizia "só tens de usar os óculos para estar no computador ou para ver para o quadro nas aulas, se quiseres podes tirar quando estás na rua ou assim". E agora vou lá só para ver quanto a minha miopia aumentou.

 

Quem também usa óculos desse lado do ecrã? Quais são os vossos maiores problemas? 

Contem tudo. 

Desafio 52 semanas | Semana 7

20853994_lkZ37.jpeg

Semana 7: Eu sempre…

 

 Eu tento sempre fingir que nada aconteceu quanto tropeço no meio da rua, com toda a gente a olhar.

 Tenho sempre inveja de todas as pessoas que nunca bateram com a cara na porta, porque sabem o que significa "puxe" e "empurre". 

 Acho sempre que a distância não é uma coisa boa. Por exemplo, o meu quarto fica longe da cozinha...

 Eu sempre que dou um erro numa publicação, nas redes sociais, rezo a todos os deuses para que ninguém repare, só para não ter o trabalho de mudar.

 Sempre que não me apetece ir a um sítio, digo que "já tenho coisas combinadas" quando a única coisa que tenho planeada é dormir e ver séries, no escurinho do meu quarto. 

 Eu meto sempre o despertador para mais cedo, só pela sensação de "que bom, ainda tenho mais tempo para dormir".

 Eu coço sempre o meu nariz descaradamente (desculpem uma pessoa tem de se sentir confortável).

 

E são estas as coisas que eu sempre faço. Mas claro que eu também consigo dizer coisas normais...

 Eu sempre gostei de escrever, especialmente escrita humorística. Quando era mais nova adorava os artigos do Ricardo Aráujo Pereira. Ainda gosto, mas é um bocadinho diferente agora. Quero escrever um livro um dia. Daqueles que as pessoas não conseguem parar de ler, página após página. Daquele que as pessoas passam um noite inteira em branco só para chegar ao final... por ser tão bom.

 Eu sempre gostei de ler. Comecei com os livros de "Uma Aventura" e desde aí nunca mais parei. A Ana Maria Magalhães e a Isabel Alçada fizeram parte da minha infância. Muito obrigada por isso. 

 Eu sempre gostei de futebol. Gosto de desporto em geral, mas de futebol em particular. O Benfica é o amor da minha vida, caso não saibam.

 

Espero que gostem das coisas esquisitas que toda a gente sempre faz, mas ninguém admite. 

Bom fim-de-semana a todos! 

 

A minha relação com os cinemas

Cada vez tenho mais a certeza que não sou uma pessoa de cinemas. Gosto de ver um bom filme, acompanhado de umas boas pipocas, só não bebo coca-cola porque tenho a teoria de que se a coca-cola dá para desentupir os canos, o meu corpo não a devia ingerir (mas isto é só uma das minhas muitas pancas).

Eu só vou ao cinema em duas ocasiões específicas: quando me convidam e pagam; ou quando está a estrear um filme que eu quero mesmo muito ver e não consigo esperar. E sempre que sei que estou para ir ao cinema tenho de me preparar psicologicamente para o que vai acontecer. Porque, sim, há coisas que nós queiramos quer não, vão acontecer naquelas horas em que estamos fechados numa sala às escuras.

Por isso, decidi fazer uma pequena lista do que mais me irrita quando vou ao cinema.

 

1) As pessoas que passam o filme inteiro a mandar pontapés;

Eu sei que vou perder a fé que me resta em Deus, quando mal me sento numa sala de cinema e já estou a levar com os ditos "biqueiros" das pessoas que estão atrás de mim. Por favor, não! Eu não vos estou a pedir que estejam quietos durante as duas horas do filme, mas não precisam de cruzar e descruzar as pernas a cada 30 segundos, está bem?

 

2) As pessoas que falam durante o filme inteiro;

Isto é o que mais me irrita. Eu quando vou ao cinema quero ver o filme em paz, quero estar a ver o que passa e estar atenta ao diálogo dos personagens, mas existem pessoas que acham que devem comentar cada cena e cada detalhe que está a passar no ecrã. "Ui olha é agora que se vão beijar"; "Ai ele é mesmo bonito"; "É agora, vai começar a esfaqueá-lo".

 

3) As pessoas que não sabem comer de boca fechada;

Estou eu a ver o filme que tanto esperei e tanto queria ver e de repente só ouço o barulho das pessoas a comerem pipocas. Pegam numa mão cheia de pipocas, metem aquilo tudo na boca e parecem selvagens a comer. Parecem que já não comem há cinco dias seguidos. O mundo não vai acabar se meterem duas pipocas de cada vez na boca, está bem?

 

4) A sala toda porca;

Quando o filme acaba e nos começamos a levantar da nossa cadeira, percebemos que algo está mal. Começamos a sentir que os nossos pés estão a colar no chão, porque ou alguém entornou a bebida ou as pipocas caíram. E até sairmos da sala parece que estamos a fazer um esforço enorme para andar, porque não queremos pisar em nada que seja desconhecido.

 

5) O desconforto;

Quando estou no meu sofá, na minha sala, na minha casa posso estar como quiser. Posso meter uma perna no chão e outra no sofá, posso fazer o pino enquanto vejo um filme, mas no cinema não. No cinema só tens uma posição para estar, que é sentada e tentar não incomodar as pessoas que estão à tua frente e atrás de ti.

 

E vocês? O que menos gostam quando vão ao cinema?

Contem-me tudo 

Desafio 52 semanas | Semana 2

Semana 2: Eu nunca...

 

1. SALTEI DE UM AVIÃO!! 

Quero mesmo muito saltar de um avião. Adorava que isso acontecesse em 2018. Obviamente que também não quero morrer. Por isso, é que não sei se terei a coragem suficiente para o fazer. Mas adorava. Deve ser maravilhosa a sensação de quase "voar" pela primeira vez.

 

2. NADEI COM GOLFINHOS.

Já é um sonho de criança poder nadar com golfinhos, nunca o fiz. Já tive um peluche de um golfinho que comprei no Jardim Zoológico e fingia que nadava com ele, mas não conta. 

 

3. VI UM CONCERTO DA MINHA BANDA PREFERIDA.

Que são os Muse. No entanto, este ano tudo vai mudar. Eles estão vindo para o Rock in Rio e uma pessoa não vai ficar a procastinar no sofá enquanto o Matt Bellamy está a fazer aqueles agudos num palco perto de mim.

 

Tenho muitas outras coisas que nunca fiz, tais como: nunca plantei uma árvore; nunca viajei para fora do continente europeu; nunca fiz surf, nem ski, nem coisa que o valhe; nunca escalei uma montanha; nunca vivi noutra cidade para além daquela em que nasci; e eu nunca aprendi a tocar nenhum instrumento, seja viola, piano ou cavaquinho (quer dizer... flauta conta???)

 

Bom fim-de-semana. 

Desafio 52 semanas | Semana 1

 

Vi este desafio no blog da Happy e como adorei a ideia, decidi "roubar" um bocadinho para mim também. Consiste em responder a 52 questões diferentes, nas 52 semanas do ano. Vou tentar fazer o desafio todas as sextas ou sábados, ali a roçar o último dia da semana. Considerem-se convidados a fazer também!

 

Semana 1: Coisas que me fazem ficar feliz

De entre muitas coisas vou destacar: O Benfica. A Escrita. Passar tempo com a família e amigos. Ler. Os livros do Harry Potter. Os filmes do Harry Potter. Comprar roupa nova. O Benfica. Ouvir o mar. Os meus pés na areia da praia. The Big Bang Theory. O Benfica. Estar na minha cama, cheia de cobertores e ouvir a chuva a cair. O sorriso da minha mãe. O abraço do meu pai. Já disse o Benfica?

 

Bom fim-de-semana!

Sobre mim

Vocês não sabem nada sobre mim. Mas no momento em que estou a escrever isto tenho 23 anos bem feitos e sou do norte do país... e não, não sou do Porto, porque o norte do país não é só Porto, Braga também faz parte e muitos outros locais que agora não me apetece referir aqui. Sou demasiado preguiçosa e o meu passatempo preferido é estar no sofá, com pipocas e um filme. Não faço nenhum desporto de momento, já pratiquei voleibol na escola secundária onde andava... e não, não era popular, não são só os miúdos populares que praticam desporto, isso só acontece nos filmes americanos. Considero-me uma pessoa muito destemida e capaz de correr atrás dos sonhos. Mas não é "correr" literalmente, porque correr não é comigo, eu nem sei correr.

Odeio filmes de terror. Aliás, eu não vejo filmes de terror. Conto pelos dedos das mãos os filmes de terror que vi e provavelmente o mais assustador que me lembro de ver foi o "House of Wax" (Casa de Cera) e, sinceramente, agora a pensar no filme aquilo não foi assim tão scary, mas na altura nem consegui dormir. Mas a todas as pessoas que adoram ver este género de filmes quero que saibam que vos admiro. 

Sou recém licenciada em Ciências da Comunicação. Aquele curso que supostamente é só para os jornalistas e para os que querem ser desempregados. Nos três anos de licenciatura o que mais ouvi foi "para que é que escolheste este curso? queres estar toda a vida inscrita no centro de emprego?", quero agradecer a essas pessoas por acreditarem tanto em mim. Vocês são a razão do meu viver. Não, não são, eu na realidade não quero saber de vocês para nada.

E a coisa mais interessante e maravilhosa que têm de saber sobre mim é: sou benfiquista. Costumo dizer que sou mais benfiquista que portuguesa. Normalmente as pessoas criticam e criticam e criticam e sabem que mais? Eu continuo sem querer saber. O meu amor pelo Benfica é uma coisa que não se explica, é tão grande que todas as palavras do mundo não vão chegar para vocês entenderem. O Benfica é o amor da minha vida.

Hoje ficamos por aqui. Seja onde e quando for.

Mais sobre mim

Chamo-me Daniela. Pertenço ao grupo das pessoas que não gostam do primeiro nome. Tenho 24 anos.

Ainda não sou casada e não tenho filhos. Gostava de dizer que tenho três ou quatro discos de platina, mas não gosto de mentir.

Esta sou eu e este é o meu blog.

A minha playlist

Blogs de Portugal

O que estou a ler

Recordações

Vê também

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D